DM atleticano corre contra o tempo para viabilizar volta de Guilherme

No Galo desde 2011, Guilherme acumula uma série de lesões que vem impedindo a estabilidade do seu futebol

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Atlético/Divulgação
undefined

O Atlético corre contra o tempo para viabilizar o retorno do meia-atacante Guilherme na próxima quarta-feira, no Mineirão, quando o clube encara o Cruzeiro, pela partida de volta da final da Copa do Brasil. Fora dos gramados desde o empate com o Bahia por 1 a 1, na Fonte Nova, no mês passado, o jogador está em tratamento intensivo no DM para se recuperar de um estiramento na coxa direita.

Segundo o doutor Otaviano Oliveira, a missão de colocar o meia em campo é desafiadora. No entanto, tudo dependerá dos sinais do jogador. Até o momento, eles vêm sendo positivos.

"O Guilherme vem fazendo um trabalho de dedicação intensiva ao tratamento. Tudo que podemos utilizar dentro dos parâmetros de ética e permitidos dentro da legislação, nós estamos fazendo", disse.

"Acreditamos que ainda é um desafio a participação dele no jogo de quarta, mas estamos trabalhando muito duro para que ele possa entrar em campo", completou o médico Otaviano Oliveira. 

No Atlético desde 2011, Guilherme acumula uma série de lesões que vem impedindo a estabilidade do seu futebol. Até o momento, foram 14 contusões, média de uma lesão a cada três meses. Só neste ano, o jogador teve problemas médicos na coxa direita em duas oportunidades, e uma entorse no tornozelo esquerdo. 

Leia tudo sobre: atléticogalocampeonato brasileiroguilhermecontusãolesão