Operários encontram corpo que pode ser de vítima soterrada em barragem

Corpo de Bombeiros foi acionado e está a caminho do local; vítima está desaparecida desde o dia 10 de setembro

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Buscas pelo terceiro trabalhador morto continuaram nesta sexta-feira (12)
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Buscas pelo terceiro trabalhador morto continuaram nesta sexta-feira (12)

Operários que trabalhavam na região onde uma barragem de rejeitos da empresa Herculano Mineração se rompeu, em setembro deste ano, encontraram um corpo que pode ser de Adilson Aparecido Batista, de 44 anos, desaparecido desde a data do acidente.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a corporação foi acionada e equipes da cidade de Ouro Preto estão a caminho do local. Ainda não há mais informações sobre o caso.

As buscas por Batista foram suspensas no dia 25 de setembro, por razões de segurança. Ele trabalhava como operador de retroescavadeira na barragem que se rompeu. Máquinas especializadas e cães farejadores deram apoio às buscas, mas a vítima não foi encontrada.

Morreram no acidente o topógrafo Reinaldo da Costa Melo, de 68 anos, e o operário Cristiano Fernandes Silva, de 32. Geraldo Moreira, de 42 anos, recebeu alto do Hospital João XXIII no mesmo dia em que ocorreu o rompimento.

O caso

No dia 10 de setembro, uma barragem de resíduos se rompeu em Itabirito, na região Central do Estado. Auditorias feitas nos últimos dois anos mostraram que a estrutura tinha rachaduras, assoreamento e acúmulo de água. As atividades foram suspensas no dia do acidente, quando começaram as buscas.

A investigação começou a ser feita com um sobrevoo do local e acompanhamento do trabalho da perícia na área da mineradora pela delegada do caso. Foram intimadas testemunhas, como familiares das vítimas e diretores da empresa para comparecer à delegacia e verificar a versão dos fatos. Além das causas do rompimento da barragem de resíduos, a polícia também vai investigar possíveis danos ambientais causados pelo acidente. O Ministério do Trabalho também fiscalizou o local.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave