América vai denunciar Boa no STJD por infringir regulamento da Série B

Clube de Varginha contratou seis jogadores de outros times que também disputam a Série B, enquanto que o máximo permitido é cinco

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

Atacante Romão foi contratado pelo Boa Esporte depois de também defender a Portuguesa no Nacional
SITE DO BOA ESPORTE
Atacante Romão foi contratado pelo Boa Esporte depois de também defender a Portuguesa no Nacional

América, Ceará e Avaí vão encaminhar nesta sexta-feira uma notícia de infração ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra o Boa Esporte alegando que o clube de Varginha infringiu o artigo 7 do Regulamento Específico da competição, que determina que um time pode receber no máximo cinco atletas de outras agremiações que disputam a mesma competição.

“O atacante Romão foi o sexto jogador contratado pelo Boa Esporte”, afirmou o advogado do América, Henrique Saliba. Romão veio por empréstimo da Portuguesa e com a camisa do clube de Varginha foi relacionado em oito partidas e atuou como titular em seis. Se for constatada a irregularidade, a Coruja vai perder entre 27 e 39 pontos e cai para a zona de rebaixamento.

“A partir do momento em que a procuradoria do STJD receber a notícia de infração ela vai avaliar os documentos e decidir se oferece denúncia contra o Boa Esporte”, afirmou Henrique Saliba. Antes do atacante, a Coruja já havia contratado o lateral-direito Eric (ex-Oeste), os zagueiros Lula (ex-América) e Denner (ex-Bragantino), o volante William Magrão (ex-Portuguesa) e o atacante Francis (ex-Joinville).

 

Leia tudo sobre: romãoatacanteaméricastjdirregularjulgamentoavaícearáadvogadohenrique saliba