Mulher que matou a mãe com marteladas é agredida na cadeia

Detentas do Presídio Sebastião Sátiro não se conformaram com o crime cometido pela filha

iG Minas Gerais | FELIPE CASTANHEIRA |

A mulher que admitiu ter matado a própria mãe com golpes de martelo na cabeça nesta terça-feira, em Patos de Minas, na região do Alto Paranaíba, foi espancada pelas companheiras de cela. As detentas explicaram que a agressão foi uma represália ao assassinato da idosa.

O ataque ocorreu por volta das 12h, no Presídio Sebastião Sátiro. A detenta espancada, de 59 anos, foi encaminhada para a realização do exame de corpo delito na Delegacia de Polícia Civil da cidade.

As presas que estavam na cela também prestaram depoimento e foi instalado um procedimento interno disciplinar para apurar o que aconteceu.

Diante do risco de novas agressões a presa foi transferida para uma cela individual. 

Leia tudo sobre: patos de minasmãemarteladasapanhacadeia