Suspeito de estupro em festa na USP é indiciado pela polícia

Ele era funcionário terceirizado da USP e participava da festa Carecas no Bosque, organizada por estudantes do Centro Acadêmico da faculdade

iG Minas Gerais | Da Redação |

A Polícia Civil de São Paulo indiciou nessa terça-feira (18) um homem suspeito de estuprar uma estudante da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). O suspeito, que não teve o nome revelado, continua em liberdade.

Ele era funcionário terceirizado da USP e participava da festa Carecas no Bosque, organizada por estudantes do Centro Acadêmico da faculdade.

O suspeito foi indiciado por estupro pela delegada Celi Carlota, da 1ª Delegacia da Mulher. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, outras duas testemunhas ainda serão ouvidas pela polícia.

A decisão ocorre após três alunas de medicina relatarem, em audiência pública na Assembleia Legislativa, terem sido vítimas de estupros em festas dentro da faculdade.

Os relatos desencadearam uma crise na instituição. Estudantes disseram que sofreram pressão "para não manchar a imagem" da universidade.

Por conta dos relatos, a diretoria da Faculdade de Medicina propôs a suspensão de festas dentro do campus, a proibição total de venda e consumo de álcool e até mesmo uma mudança na grade curricular de ensino.

Leia tudo sobre: estuproUSPindiciado