Vitória celeste contra Grêmio derruba tabu de sete anos

O último triunfo celeste foi em 2007, no estádio Olímpico, quando a Raposa derrotou os gaúchos por 2 a 0, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Léo fala do estádio Centenário e diz que, além do Internacional, frio de Caxias do Sul será grande adversário celeste
Washington Alves/Light Press
Léo fala do estádio Centenário e diz que, além do Internacional, frio de Caxias do Sul será grande adversário celeste

Além de vencer o Grêmio e ficar a uma vitória de conquistar o tetracampeonato brasileiro, o Cruzeiro também deseja quebrar um tabu. A Raposa não derrota o tricolor em solo gaúcho há sete anos. O último triunfo celeste foi em 2007, no estádio Olímpico, com uma vitória por 2 a 0, em compromisso válido pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro.

De lá pra cá, foram sete jogos, seis pela Série A e um pela Copa Libertadores. O time celeste perdeu todos os jogos da competição nacional. O empate ocorreu pelo torneio sul-americano, em 2009. A partida ficou empatada em 2 a 2, garantindo os mineiros na decisão contra o Estudiantes.

Agora, os jogadores celestes querem colocar um fim neste tabu. “Tabus são criados para serem quebrados. Sabemos das dificuldades, será um jogo complicado. Porém cada jogo é diferente do outro e agora é uma nova história. Sabemos que eles vêm bem no segundo turno, mas temos condições de ir lá e buscar a vitória para nosso grande objetivo, que é ser campeão o quanto antes”, declarou o zagueiro Léo.

O volante Nilton afirma que o time está confiante para voltar a vencer no Sul após tanto tempo. “Confiança acima de tudo. A equipe que quer ser campeã tem que vencer dentro e fora de casa, ter força de vontade, garra, superar o cansaço e a pressão. A nossa equipe é experiente, madura, e sabe o que precisa fazer para buscar a vitória”, disse.

Leia tudo sobre: cruzeirogremiocampeonato brasileirotitulozagueiro leo