Sem vencer há oito jogos, Enderson minimiza sequência negativa

A última vitória do Peixe foi no dia 19 de outubro, quando bateu o Palmeiras por 3 a 1, pela 29ª rodada do Brasileiro

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Técnico foi cauteloso ao criticar escolha da arbitragem
Técnico foi cauteloso ao criticar escolha da arbitragem

Após o empate contra o Atlético-PR por 1 a 1, nesta quarta-feira (19), fora de casa, o técnico do Santos, Enderson Moreira, minimizou o momento ruim que o clube atravessa.

A equipe santista não vence há um mês. A última vitória foi no dia 19 de outubro, quando bateu o Palmeiras por 3 a 1. No total, são oito jogos sem vencer -seis pelo Brasileiro e dois pela Copa do Brasil.

"Se estivéssemos caminhando para o rebaixamento, essa sequência ruim teria um peso, como teve na Copa do Brasil, quando estivemos próximos da classificação. A equipe tem controlado os jogos, mas no futebol é assim.

Daqui a pouco voltamos a vencer, isso é importante, mas acontece, tem que trabalhar. Fizemos bom jogo e jogamos de igual para igual", destacou o treinador, que espera ser mantido no cargo para a próxima temporada.

"Temos que ter uma equipe forte para a próxima temporada. Estou muito animado, com desejo de iniciar a formatação da equipe. Temos uma espinha dorsal interessante, precisamos de encaixes dentro do que podemos ter.

São momentos importantes para um novo caminho. Estou feliz com estrutura do clube e dedicação. Espero poder desenvolver um grande trabalho", concluiu.

Apesar de ter contrato até dezembro de 2015, o treinador não tem o seu futuro definido. Ele terá que esperar as eleições presidenciais do clube, que acontecem no dia 6 de dezembro.