Levir elogia atitude do Galo e revela surpresa com boa fase

Treinador alvinegro admite que não esperava que o time alcançasse tanta evolução nesta temporada

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Levir comemorou a vitória, mas foi realista com o momento do time
Alex de Jesus/O Tempo 23/08/2014
Levir comemorou a vitória, mas foi realista com o momento do time

Goleada de 4 a 0 fora o baile. Esta frase resume a vitória do Atlético sobre o Flamengo nessa quarta-feira, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. A atuação do time alvinegro foi muito elogiada pelo técnico Levir Culpi, que exaltou a atitude do time nos jogos e revelou estar surpreso com o bom momento que o Galo vem vivendo.

“Gostei disso, os toques rápidos e sempre buscando o gol. Um time que joga dessa maneira merece o resultado. É legal ter um time ofensivo, que joga para vencer. Esta é uma característica nossa que está se firmando, então vamos seguir assim, crescemos muito no segundo turno e vamos buscar a Copa do Brasil”, disse o treinador, que preferiu não apontar um jogador que tenha se destacado no jogo contra o Flamengo, mas sim, enalteceu o jogo coletivo e o empenho demonstrados.

“Todo o time me agradou. Todo mundo concentrado, buscando não errar. Isso proporciona bons jogos. O que tem que ser elogiado é a atitude que eles (jogadores) estão tendo dentro de campo. Isso faz uma equipe vencedora”, afirmou.

Questionado sobre a boa fase do Galo na temporada e o futebol envolvente que vem sendo exibido nos últimos jogos, Levir Culpi reconhece que a evolução da equipe tem causado espanto até nele, haja vista a situação instável que ele encontrou no clube quando chegou, em abril deste ano.

“Acho que é surpreendente, porque não sei explicar, aquela decisão contra o Lanús-ARG. Tivemos aquele jogo com o Cruzeiro (3 a 2, no Mineirão), tivemos os jogos com Corinthians e Flamengo (quartas e semifinal da Copa do Brasil). Aconteceram coisas marcantes que eu não previa. Mas vendo a torcida próxima do time vejo que estamos muito próximos de uma conquista”, revelou.

Leia tudo sobre: atleticogalofutebollevir culpitecnico