Captação de água do rio Jaguari pode diminuir

Para indústria e irrigação, a captação seria reduzida na casa dos 30%

iG Minas Gerais | Juliana Gontijo |

O trecho mineiro da bacia do rio Jaguari – que ajuda abastecer o sistema Cantareira – pode ter restrição da captação de água quando o rio contar com vazões iguais ou menores que 2,52 m³/s. Hoje está em 4,64 m³/s.

Para que isso aconteça, conforme o superintendente adjunto da Agência Nacional de Águas (ANA), Patrick Thomas, a medida tem que ser transformada em resolução, o que ainda não aconteceu. “A expectativa é que a resolução possa ser publicada ainda este ano”, diz.

Caso essa situação aconteça, haverá redução de 20% da captação do volume outorgado aos usuários ou suspensão da captação para consumo humano e dessedentação de animais algumas horas por dia. Para indústria e irrigação, a captação seria reduzida na casa dos 30%. Nesta quarta, a medida foi discutida em Extrema, no Sul de Minas. A próxima reunião será na segunda semana de dezembro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave