Obras complicam o trânsito na Pampulha e no Sion

Na lagoa, a intervenção perto do parque ecológico é uma manutenção emergencial da Copasa

iG Minas Gerais | da redação |

Um grande buraco foi aberto por trabalhadores a serviço da Copasa
UARLEN VALERIO / O TEMPO
Um grande buraco foi aberto por trabalhadores a serviço da Copasa

Uma obra próximo à orla da lagoa da Pampulha deixou o trânsito complicado no começo da manhã desta quarta. Conforme informações da Regional Pampulha, a intervenção trata-se de uma manutenção emergencial da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), próximo à entrada do Parque Ecológico.

Quem passou pela região nesta quarta perdeu tempo. “O trânsito aqui já é ruim normalmente, mas hoje eu demorei quase duas vezes mais para chegar no trabalho”, reclamou o gerente de marketing Cristiano Alves, que mora na região. A companhia, no entanto, não respondeu qual o motivo da manutenção ou a previsão de encerramento das obras.

No bairro Sion, na região Centro-Sul da capital, a rua Patagônia, entre a rua da Groenlândia e a praça Deputado Renato Azeredo, foi parcialmente interditada nesta quarta para obras de canalização de gás, realizadas pela Gasmig. Devido à redução da largura da via, a orientação da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) é para evitar passar pelo local, especialmente nos horários de pico.

Segundo a Gasmig, durante as obras, os dois sentidos de circulação serão mantidos. A previsão é que os primeiros 200 metros sejam concluídos dentro de 15 dias. As obras em outros 800 metros da rua Patagônia serão iniciadas apenas em janeiro, para não prejudicar a circulação de veículos no final de ano.

“Temos dificuldade para circular no local, principalmente no horário de almoço. Além disso, os clientes reclamaram nesta quarta que não conseguem mais estacionar na região”, comentou o vendedor João Gualberto, 18, que trabalha em uma loja próximo às obras.

As intervenções fazem parte do projeto de expansão da rede residencial de gás, iniciado em 2012. No total, serão construídos 540 km de tubulação até 2018.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave