Marcelo Oliveira arma estratégia para parar o Grêmio e vencer

Time deve ir a campo com Nilton e Willian Farias, dois volantes pegadores, para segurar o ímpeto gremista

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Marcelo Oliveira comanda treinamento na Toca da Raposa II visando duelo com o Criciúma
Joao Godinho/O Tempo
Marcelo Oliveira comanda treinamento na Toca da Raposa II visando duelo com o Criciúma

A escolha dos titulares e a conversa com os jogadores antes do treino revelam o pensamento do técnico Marcelo Oliveira para a partida contra o Grêmio, nesta quinta-feira, em Porto Alegre. Considerando a velocidade e a forte marcação imprimida pelos gaúchos quando atuam em seus domínios, o treinador celeste conversou por cerca de dez minutos com os jogadores e cobrou muita atenção para não dar espaço para o adversário, que vai tentar aproveitar a velocidade de seus atletas para buscar o resultado positivo.

“O Marcelo (Oliveira) frisou bastante a marcação pelas pontas, pois sabemos que o Grêmio tem jogadores rápidos como o Dudu e o Luan. Não podemos dar espaço, como diz no contexto do futebol, para não deixar os atacantes deles darem facões pelas laterais (entrar nas costas dos zagueiros). Temos que estar sempre atentos para evitar ser surpreendido por essas jogadas que são características da equipe do Grêmio”, revelou o volante Nilton.

O zagueiro Léo acredita que a presença de Nilton e Willian Farias em campo, dois jogadores que marcam muito, pode ajudar a Raposa a neutralizar as principais jogadas do tricolor gaúcho. “O Grêmio tem uma característica diferente na Arena. Eles marcam bastante, se fecham e exploram a velocidade desses dois jogadores, tanto do Luan quanto do Dudu. Por isso, atuar com jogadores fortes na marcação como o Willian Farias e o Nilton ajuda o nosso time a ter mais força física, o que nos permitirá explorar a nossa velocidade e o nosso toque de bola rápido para vencer”, afirmou o defensor.

Leia tudo sobre: gremiocruzeiroraposafutebolestrategianiltonmarcelo oliveiratecnico