Idosa de 85 anos é assassinada pela própria filha com marteladas

A mulher, de 59 anos, teria jogado a mulher no chão e batido na sua cabeça com a ferramenta após a idosa pedir que ela não saísse de casa por estar doente

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Foi encaminhada para o Presídio de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, a mulher de 59 anos que assassinou a própria mãe, de 85, com golpes de martelo na cabeça durante um desentendimento. O crime foi registrado nesta terça-feira (18).

Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima era aposentada e morava no Bairro Alto Colina. A agressão teria ocorrido no fim da manhã de terça e a corporação tomou conhecimento após a idosa ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Regional Antônio Dias. A vítima faleceu cerca de 12 horas após dar entrada na unidade de saúde. 

Ainda de acordo com a PM, a idosa chegou a relatar à vizinhos que a a própria filha havia a agredido durante o socorro. Encaminhada para a Delegacia de Plantão da cidade, a suspeita confessou o crime, mas alegou que não se lembrava de nada no momento da agressão e que não tinha a intenção de matar a mãe, ainda conforme a assessoria da Polícia Civil (PC).

A mulher também teria relatado que jogou o martelo no lixo após recobrar a consciência. Ela teria jogado a mãe no chão e a agredido após ela pedir que a filha não saísse de casa por estar doente. 

Leia tudo sobre: patos de minasidosaferidamartelomarteladascabeçaassassinadaalto paranaíba