Depoimento de Fernando Baiano é adiado para sexta-feira

Considerado operador do PMDB em esquema de corrupção, Baiano é um dos 24 presos pela Polícia Federal

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O depoimento de Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB em esquema de corrupção na Petrobras, foi adiado pela PF para esta sexta-feira (21), segundo o advogado dele, Mario de Oliveira Filho.

A Polícia Federal, responsável pelos inquéritos da Operação Lava Jato, não explicou o motivo, segundo o advogado.

Baiano é um dos 24 presos na sétima fase da Lava Jato, chamada de "Juízo Final", que investiga um esquema de fraude em licitações na Petrobras. O lobista teve sua prisão decretada na última sexta-feira (14), mas se entregou à PF apenas na terça (18).

Segundo os depoimentos do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, Fernando Soares seria o operador do PMDB no esquema de corrupção na estatal. O partido nega envolvimento com o lobista.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave