Touros fogem de caminhão, matam morador e atacam PMs no Norte de Minas

Animais estavam sendo transportados na MG-401 e foram parar na zona rural da cidade; policiais atiraram mais de 70 vezes contra os bichos

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Animais resistiram a mais de 70 balas, antes de de morrer
Guarda Municipal/Divulgação
Animais resistiram a mais de 70 balas, antes de de morrer

Dois touros mataram um morador de Matias Cardoso, no Norte de Minas, e atacaram dois policiais e dois guardas municipais, que foram registrar a ocorrência do óbito, nessa terça-feira (18). Os militares atiraram pelo menos 70 vezes contra os animais que só foram mortos depois de serem atingidos por balas de fuzis e serem baleados na cabeça.

Segundo o sub-comandante da Guarda Municipal Rony Cássio José Ferreira, logo que ele, um companheiro de trabalho e os militares chegaram na Ilha de Curimatã, na zona rural da cidade, já encontraram o corpo de Manoel Carlos da Conceição, 54. Em seguida avistaram os dois touros de rodeio, que teriam fugido de um caminhão, que os transportava na MG-401.

Os animais foram para cima dos policiais, que atiraram sem parar. Mesmo assim, o sargento foi jogado ao chão pelos animais que o pisotearam. Ele conseguiu jogar o carregador da arma para o soldado, que pegou e continuou a atirar.

“O sargento estava nas últimas já e ele chegou a falar ‘me acode que estou morrendo, eu já não consigo mais. Salvem vocês’”, relembrou Ferreira.

Com a movimentação da munição, os animais foram para cima do soldado, que correu, mas foi alcançado e lançado a cerca de três metros, além de também ser pisoteado. Sem muito o que fazer, os guardas arrastaram o sargento para longe dos animais e pediram reforço para a PM de Manga, cidade vizinha. Os militares desta cidade chegaram com fuzis 556 e descarregaram a arma nos touros que não caíram, até que com uma pistola mais precisa, um policial conseguiu atingir as cabeças dos animais que morreram.

“Somente quem estava lá e presenciou aquelas cenas que, somente vemos em filmes, sabe que nascemos novamente”, desabafou o sub-comandante.

Os militares feridos foram encaminhados para o Centro de Saúde de Matias Cardoso com escoriações pelo corpo. Eles foram medicados e liberados. O dono dos touros ainda não foi localizado.

Leia tudo sobre: policiaistouroscaminhãofoge