Moreno responde dirigente gremista: “estou feliz no Cruzeiro"

Diretor de futebol do Grêmio, Duda Kroeff, afirmou para a imprensa gaúcha que preferia que o jogador permanecesse no time mineiro

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Moreno marcou mais um gol e se isolou na artilharia do campeonato, com 11 tentos
FOTO: Douglas Magno / O TEMPO
Moreno marcou mais um gol e se isolou na artilharia do campeonato, com 11 tentos

As críticas feitas pelo diretor de futebol do Grêmio, Duda Kroeff ao atacante Marcelo Moreno irritaram o jogador do Cruzeiro. O dirigente gremista declarou em entrevista a imprensa gaúcha que não gostaria de ter Moreno de volta no time de Porto Alegre, já que o centroavante só joga bem na equipe estrelada, além do Grêmio possuir um atacante de alto nível, que é o Barcos. Irritado, o boliviano respondeu – por meio de nota oficial – o diretor gaúcho.

"Eu, se fosse presidente do Grêmio, não nomearia uma pessoa que desmerece o seu próprio patrimônio. Afinal, que atleta gostaria de jogar em um lugar onde se sente desvalorizado pela própria diretoria?”, afirmou o atacante.

O Cruzeiro tenta negociar com o Grêmio a permanência de Moreno no clube para 2015, já que o empréstimo do centroavante se encerra após o final da temporada de 2014 e o boliviano tem contrato com o time gaúcho até dezembro de 2016.

Por diversas vezes, o próprio jogador já havia declarado que preferia permanecer no time estrelado ao invés de ter que retornar ao Tricolor Gaúcho. E na nota oficial, Moreno enfatizou a sua satisfação de jogar pelo Cruzeiro. “Eu estou muito concentrado, focado e, acima de tudo, feliz no Cruzeiro”, ressaltou o centroavante.

O Grêmio é justamente o adversário da Raposa nesta quinta-feira, pela 35ª rodada do Brasileiro, duelo que será disputado às 21h50, na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

Confira a nota oficial divulgada pela assessoria de imprensa do atacante Marcelo Moreno:

“Não queria tratar da minha permanência ou não no Grêmio pela imprensa, pois acho que isso é função das diretorias dos clubes interessados. Mas, hoje (terça-feira), fui surpreendido com a entrevista de um dirigente gremista, que, ou está chamando os seus antecessores de burros por terem contratado o artilheiro do clube na temporada de 2012 com 22 gols - e que também é o atual vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro, além de já ter conquistado o título estadual este ano e, ainda, com boas chances de ser campeão nas duas principais competições nacionais - ou que, no mínimo, está sendo pouco inteligente ao desvalorizar um ativo do clube que está em alta no mercado. Eu, se fosse presidente do Grêmio, não nomearia uma pessoa que desmerece o seu próprio patrimônio. Afinal, que atleta gostaria de jogar em um lugar onde se sente desvalorizado pela própria diretoria? Mas, enfim, cada um sabe o que diz; ou, pelo menos, deveria saber. Eu estou muito concentrado, focado e, acima de tudo, feliz no Cruzeiro. Tomara que esse dirigente tenha poder e autonomia suficiente para facilitar mesmo a minha saída do Grêmio! Vou torcer muito para que o poder dele no clube seja maior do que a necessidade dele em dar entrevistas infelizes como essa.”