Franca vence em casa após deflagração de crise financeira

O time paulista derrotou o Liga Sorocabana por 82 a 55 e conseguiu a sua quarta vitória em cinco jogos do NBB

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

O Franca oscilou bastante durante a partida e só conseguiu marcar mais pontos no final do jogo
Newton Nogueira/ Divulgação NBB
O Franca oscilou bastante durante a partida e só conseguiu marcar mais pontos no final do jogo

Na primeira partida em seus domínios após a deflagração da crise financeira enfrentada pela equipe, o Franca Basquete derrotou o Liga Sorocabana por 82 a 55.

O confronto, válido pelo NBB (Novo Basquete Brasil), ocorreu no ginásio Pedrocão, em Franca (a 400 km de São Paulo) na noite desta terça-feira (18).

O Franca, logo no segundo quarto, chegou a abrir 14 pontos de vantagem, mas o adversário se recuperou e o placar do primeiro tempo indicou 38 a 30 para Franca.

No terceiro quarto, o jogo ficou empatado em 42 pontos, após dois lances livres do ex-jogador francano Cauê Borges.

Depois, o Franca conseguiu deslanchar no placar e definiu a vitória - a quarta em cinco disputados pela competição.

O próximo jogo do time será nesta quinta-feira (20), novamente no ginásio Pedrocão, contra o Paulistano.

"VAQUINHA"

O Franca Basquete irá superar a sua crise por meio de várias alternativas lançadas, como a "vaquinha on-line", o aumento no total de sócios-torcedores e a ampliação do público no ginásio Pedrocão, onde o time manda suas partidas, em Franca (a 400 km de São Paulo).

A afirmação, do técnico Lula Ferreira, foi feita nesta terça-feira (18) antes da partida da equipe contra o Liga Sorocabana.

"Nós sempre tivemos muito o apoio da torcida. Essa situação [de crise financeira] está pedindo algo a mais", disse Lula.

A equipe tem dívidas de R$ 1 milhão -com fornecedores e atuais e ex-atletas. Só na última semana, o Franca Basquete amealhou 250 novos sócios-torcedores.

Para suprir a perda de patrocínio -a Vivo deixou a equipe em agosto-, uma "vaquinha on-line" foi lançada no site do clube. Até a noite desta terça, arrecadou R$ 11.494, para uma meta de R$ 230 mil neste mês.

Além dos torcedores, há outros valores doados por empresas.

Segundo Lula, a crise será um impulso para o time profissionalizar sua administração. "Fechar não vai, mas é um bom momento para lavar a roupa suja e arrumar a casa", disse o torcedor Eduardo Sanches, 52.

Paralelamente às campanhas de arrecadação, a diretoria pediu que os torcedores passassem a comparecer em maior número ao Pedrocão. Com 4.000 por jogo, o time se mantém até o fim do NBB, em maio.

"Não chegamos a 4.000 hoje, mas já houve um aumento de torcedores na casa", disse Sanches. O público pagante no jogo desta terça foi de 1.971 torcedores.

Leia tudo sobre: francaliga sorocabananbbbasquetesao paulo