Santa Casa de Piumhi vai atender apenas urgência

Com dificuldades financeiras, instituição vai encaminhar casos menos graves para unidades do PSF

iG Minas Gerais | Da Redação |


Unidades atendia a 3.690 casos por mês entre urgências e consultas
J. Augusto / Jornal Alto Sao Fra
Unidades atendia a 3.690 casos por mês entre urgências e consultas

Devido a problemas de falta de recursos, a Santa Casa de Misericórdia de Piumhi, no Sul de Minas, resolveu readequar o quadro de atendimento na última semana e passou a atender apenas urgências e emergências no pronto-atendimento. De acordo com a diretoria do hospital, a instituição recebeu cerca de R$ 400 mil do governo do Estado nesta terça, e os profissionais devem receber os salários atrasados de setembro e outubro nos próximos dias. Entretanto, os pagamentos de novembro e dezembro ainda não estão assegurados.

Ainda segundo a diretoria, eram realizados cerca de 3.690 atendimentos por mês, entre urgências, emergências e casos considerados simples, sendo 1.110 relacionados à pediatria. Segundo o diretor da unidade, o geriatra Marcelo Pereira, os casos considerados de natureza simples somavam cerca de 80% dos atendimentos.

Conforme informado por Pereira, existem dez unidades do Programa Saúde da Família na cidade e, desde a semana passada, todos os pacientes que procuram a Santa Casa para tratar casos simples estão sendo orientados a procurar esses locais. “Pacientes com gripes, resfriados e doenças crônicas, por exemplo, depois de passar pela avaliação de um clínico geral e diagnosticados de acordo com a gravidade, são orientados a procurar a unidade de saúde em que são cadastrados”, esclareceu o gestor da Santa Casa.

No país

Especialidades. O pronto-atendimento da Santa Casa de Piumhi está atendendo casos de urgência nas áreas de ginecologia, clínica geral, ortopedia, cirurgia geral e pediatria, que corresponde a 30% do atendimento normal Crise. De acordo com a Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de Minas Gerais, os atrasos acontecem em todo o país.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave