Encontro de amigos marca jogo entre Maringá e Sada

Técnico cruzeirense tem números a seu favor contra padrinho de um dos seus três filhos

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Reencontro. Marcelo Mendez vai encarar o amigo Horacio Dileo na partida entre Sada e Maringá
MARIELA GUIMARAES / O TEMPO
Reencontro. Marcelo Mendez vai encarar o amigo Horacio Dileo na partida entre Sada e Maringá

Um encontro que se repetiu por várias vezes em Minas Gerais vai marcar o duelo entre Ziober-Maringá-PR e Sada Cruzeiro, nesta quarta, às 19h30, no interior paranaense. O técnico Horacio Dileo, que foi comandante do Minas em duas edições da Superliga vai enfrentar o amigo de longa data Marcelo Mendez, do Sada Cruzeiro, que está no time celeste há cinco temporadas.

“É sempre um prazer enfrentar o Marcelo, são situações especiais. Ele é um dos responsáveis pelo orgulho que Minas Gerais tem, nesta quarta, no voleibol. Dentro de quadra, cada time vai tentar ganhar, estaremos defendendo o nosso lado. Depois disso, nossa amizade retoma como sempre foi”, indica Dileo, que é padrinho de um dos três filhos de Mendez.

No retrospecto, vantagem enorme para Mendez, que foi ampliada quando Dileo era treinador do Minas. Os números não são lamentados por Dileo, que reconhece a competência do companheiro, desde a época em que se conheceram na Argentina.

“Ele tem muito mais vitórias que eu. Isso tudo é justo e merecido, não só pelos números, mas pela qualidade do seu trabalho. Além de ser um profissional exemplar, é um ser humano diferente, que mudou a mentalidade do Sada Cruzeiro. Mesmo quando perde, o time consegue mostrar seu estilo de jogo”, comenta o treinador do time paranaense.

Adversário. A torcida do Maringá, como sempre, deve marcar presença e fazer seu papel. A equipe venceu os dois primeiros jogos e chegou a liderar a Superliga, antes de perder os três compromissos seguintes e cair para a nona posição, fora da zona de classificação.

“Jogar lá é difícil. Eles terão a torcida a favor, mas temos boas recordações de lá, é o ginásio onde conquistamos a Copa Brasil no início do ano, vamos nos apegar a isso. Mas não será fácil, eles montaram um time bom, perderam alguns jogos, mas é um time complicado, não podemos vacilar”, alerta o levantador William.

Apesar da posição na tabela, Dileo lembra que o time tem mostrado um bom desempenho nas partidas. “Com exceção do jogo contra o Minas, quando o time deles fez um jogo quase perfeito taticamente, nós fizemos boas apresentações. Perdemos oportunidades dentro dos jogos, que fizeram falta. Vencer o atual líder seria muito bem-vindo”, destaca o argentino.

Duelo mineiro

Equilíbrio. Um dos jogos da noite desta quarta será entre Montes Claros Vôlei e UFJF. A partida acontece às 19h30 no Norte de Minas. O Pequi Atômico está em oitavo na tabela, último lugar na zona de classificação, após duas vitórias.

Já a UFJF venceu apenas uma vez e chega de derrota para o líder Sada Cruzeiro. Se vencer, o time da Zona da Mata empata com o adversário em número de pontos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave