13º salário

iG Minas Gerais |

O fim do ano se aproxima e, junto com todas as festas e comemorações dessa época, vem também o recebimento do 13º salário. E como temos em novembro o limite para o pagamento da primeira parcela pelas empresas, é um bom momento para darmos algumas dicas para que se possa fazer um bom uso desse dinheiro. Como sempre, a disciplina deve estar presente. E por um motivo muito simples: a chegada do 13º traz consigo uma falsa sensação de aumento de poder aquisitivo. Falsa porque o 13º salário só é pago uma vez por ano. Diante de uma renda extra, a tentação para adquirir algum produto muito desejado é grande. E com a oferta de crédito existente é fácil parcelar a compra desse produto. O 13º serve como entrada para esse financiamento. O problema é que o consumidor não contará com nenhuma renda extra para pagar as demais parcelas do financiamento assumido. E, em caso de se já ter o orçamento comprometido, a chance de não se conseguir pagar as demais parcelas é grande. Caso você se encontre em uma situação de dívida, não há nada melhor do que esta época que se aproxima. Aproveite o 13º para quitar ou minimizar suas dívidas. Comece por aquelas dívidas mais caras, ou seja, com a taxa de juros mais alta. Por exemplo, o cartão de crédito que tem juros superiores a 10% ao mês. E, infelizmente, o ano de 2014 está assistindo ao aumento do número de famílias brasileiras endividadas. E também é importante começar a se planejar para não entrar o novo ano contraindo novas dívidas. Como já falamos anteriormente, faça um planejamento financeiro detalhado, buscando o equilíbrio que pode ser alcançado com o corte temporário de algumas despesas menos importantes. Caso você faça parte do grupo de compradores potenciais, para os quais vale aquela frase que diz que “dinheiro na mão é vendaval”, muito cuidado. O 13º salário é aguardado com muita ansiedade, pois permitirá uma ida às compras. Mesmo que você não esteja endividado, lembre-se do que foi dito lá no início: a sensação de aumento de poder aquisitivo logo é acompanhada pelas despesas. E é terrível chegar ao início do ano e perceber que compramos demais (às vezes, desnecessariamente), e não teremos dinheiro para cobrir todas as despesas. Faça uma lista de quem você vai presentear e pesquise preços sempre! Você se surpreenderá com as diferenças que encontrará. E, por fim, os disciplinados também merecem atenção. Esses são aqueles que conseguem manter suas contas equilibradas e usam o 13º salário para aumentar suas economias e assim ficar mais perto dos seus objetivos. A renda extra do 13º salário é um atalho para a conquista dos sonhos! Neste mês, continuo com a promoção do livro “Meu Dinheiro”, buscando que mais pessoas possam adquiri-lo. Os leitores interessados podem me enviar um e-mail que retorno com as indicações de como proceder. No livro, são discutidos temas importantes sobre finanças pessoais de uma forma que ajude os leitores a melhorar o seu relacionamento com o dinheiro. Também estão disponíveis os livros de educação financeira infantil da série “Meu Dinheirinho”. Mandem dúvidas e sugestões para o e-mail carloseduardo@harpiafinanceiro.com.br

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave