Detenta de 20 anos é eleita a mais bela do sistema penitenciário de MG

Evento realizado nono Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto, no bairro Horto, elegeu a presidiária mais bonita, simpática e com melhor postura

iG Minas Gerais | Cínthia Ramalho |

O clima era de festa e descontração na tarde desta terça-feira (18) no Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto. Isso porque 15 presidiárias disputaram a 2ª edição do Miss Prisional de Minas Gerais, que aconteceu mais uma vez dentro da unidade carcerária, no bairro Horto, na região Leste de Belo Horizonte.  A eleita do evento foi Cristini Gonçalves, 20 anos, que está presa no Presídio feminino José Abranches Gonçalves, em Ribeirão das Neves. 

Daniela Moreira de Queiroz, de 26 anos, estava muito ansiosa. Com cuidado, escolheu uma sombra azul em meio aos produtos que um maquiador havia mostrado para ela. Os olhos se mantinham fechados enquanto o pó era espalhado com agilidade por suas pálpebra. Com a maquiagem pronta, também quis colorir os lábios. A escolha foi um batom vermelho, cor que, pela primeira vez, não estava associada ao uniforme que ela usa diariamente desde que deu entrada na unidade prisional Centro de Referência à Gestante, há um ano e dez meses, quando foi presa por tráfico de drogas. 

Segundo o secretário de Estado de Defesa Social, Marco Antônio Rebelo Romanelli, o objetivo do concurso é resgatar a autoestima das mulheres, humanizar o cumprimento da pena e promover a ressocialização das detentas. “É uma forma de elevar a autoestima dessas mulheres e tornar o sistema prisional mais humano. Já é o segundo ano do concurso e as detentas gostam muito", disse.

Para as candidatas, mulheres presas em 15 unidades prisionais de várias regiões do Estado, e que desfilaram em uma passarela montada no pátio da penitenciária, para uma plateia de detentas, esta foi a chance de provar que existe uma perspectiva de vida, mesmo após a prisão. “Enxergo o concurso como uma forma de poder ter uma oportunidade lá fora, quando eu sair", afirma Mayene Lourenço, de 19 anos, presa por tráfico de drogas no Presídio de Alfenas.

O concurso também contou com a presença de 10 jurados, como a Miss Minas Gerais 2013, Janaína Barcelos, que escolheram a vencedora levando em conta quesitos como beleza, simpatia e postura.

Trans

Este ano, o concurso também elegeu a Miss Trans Sistema Prisional. A eleita foi Lis Vitoe Freitas, 26 anos, que está no presídio de Vespasiano. Ao todo, oito candidatas participaram da disputa. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave