Neymar diz que entrega de faixa para T. Silva não foi programada

Segundo o craque da seleção brasileira, saída de jogo e passagem da braçadeira foram momentos que aconteceram naturalmente

iG Minas Gerais | da redação |

Na despedida da seleção brasileira em 2014, o craque Neymar foi substituído no fim da partida e passou, de maneira simbólica, a faixa de capitão da seleção brasileira para o zagueiro Thiago Silva, ex-dono da função e que se mostrou chateado com a mudança sem nenhum comunicado por parte do camisa 10 e do técnico Dunga. Após a vitória sobre a Áustria por 2 a 1, em Viena, Neymar comentou sobre o momento e disse que sua saída de campo não foi algo programado.

"Foi uma coisa natural. Não estava programado sair da partida e nem de entregar a faixa para o Thiago. Eu falei para ele que a faixa estava apertada. Falei também para ele segurar o jogo para a gente vencer", disse, em entrevista ao Sportv.

Neymar ainda avaliou o ano e o retorno de Dunga ao comando da seleção brasileira. Sob a direção do treinador, o Brasil venceu os seis jogos que disputou e sofreu apenas um gol.

"Foi um ano de muito aprendizado. Terminamos o ano muito bem, com vitória e isso que é o mais importante. Estamos mudando. A gente precisa entrar no que o professor (Dunga) quer. É um cara que trabalha totalmente diferente, que não gosta de perder. Eu também não gosto de perder e estamos entrando no esquema que ele quer", concluiu.