CDL-BH discute segurança durante as compras de Natal

Evento promovido pela Câmara do Dirigentes Logistas de Belo Horizonte apresenta medidas para o período de compras

iG Minas Gerais | Felipe Castanheira |

A Câmara do Dirigentes Logistas de Belo Horizonte (CDL-BH) realiza nesta terça-feira uma reunião para discutir a segurança no hiper-centro da Capital durante o período de compras para o Natal. A Operação Natalina vai contar com o reforço da Polícia Militar, que informou que parte dos 1.900 militares recém-formados vão atuar na segurança da região. O número de policiais que serão mobilizados ainda não foi divulgado.

Também foi apresentada uma pesquisa feita pela CDL-BH junto a 200 comerciantes, que apontou que 40% deles temem a criminalidade na área central da cidade.

Outro tema abordado no evento foi a fiscalização dos vendedores ambulantes, principalmente na praça Sete. O secretário secretário Municipal de Serviços Urbanos, Pier Senesi, confirmou que a portaria de 1º de outubro, que estabeleceu dois pontos  para a venda de produtos feitos por artesãos no centro da cidade, ainda está em vigor.

Questionado sobre uma suposta "vista grossa" na fiscalização, Senesi afirmou que os fiscais são orientados a ter bom censo para abordar os vendedores. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave