'Era muito querido e não tinha rixa', diz amigo de Dj Paulinho

Cassinho, vocalista do grupo mineiro Papo Di Bakana, era amigo do artista há mais de cinco anos

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Uma pessoa alegre e querida por todos. Assim Dj Paulinho era conhecido entre amigos e fãs. Há seis anos trabalhando em casas noturnas, o jovem de 27 anos era querido por onde passava. Na manhã desta terça-feira (18), Cassinho, vocalista do grupo mineiro Papo Di Bakana, conversou com a reportagem de O TEMPO e disse que ninguém imaginava uma morte tão covarde.

“Ele não tinha problemas com ninguém. Sempre trabalhou muito e era uma pessoa muito querida no palco e fora dele. Sua alegria contagiava a todos”, disse o músico.

Cassinho esteve na casa de Paulinho, localizada na região de Venda Nova, em Belo Horizonte, momentos depois do crime. Segundo ele, no momento do homicídio, estavam na residência, além do artista, a companheira dele e o primo, que também era seu empresário.

“O filho dele, de 5 anos, não estava na casa. Paulinho era muito trabalhador, tocava em várias casas noturnas de BH, além de fazer eventos privados”, contou Cassinho, que conhecia o amigo há mais de cinco anos.

Dj estava confirmado no Carnaval de Pompeu

Com a agenda cheia, Dj Paulinho estava confirmado no Carnaval de 2015 de Pompeu, um dos mais tradicionais do Estado.

Paulinho se apresentaria com outros Djs, no evento que vai contar com vários artistas nacionais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave