‘Filme repetido’ aumenta as esperanças da China Azul

Também no ano passado, Santos e Grêmio estiveram no caminho do título da Raposa

iG Minas Gerais | Josias Pereira |

Falta pouco. Em fase final de recuperação, zagueiro Dedé pode voltar na partida contra o Goiás
Washington Alves
Falta pouco. Em fase final de recuperação, zagueiro Dedé pode voltar na partida contra o Goiás

Coincidências atravessam a caminhada celeste na tão desejada rota rumo ao tetracampeonato brasileiro. No ano passado, uma sequência de quatro vitórias na reta final assegurou o troféu. Agora, em 2014, a Raposa volta a repetir a dose. Pela primeira vez no returno do Brasileiro, a equipe conquistou três vitórias seguidas (sobre Botafogo, Criciúma e Santos) e, na quinta-feira, contra o Grêmio, pode colocar uma mão na taça de campeão.

As semelhanças não param por aí. Assim como no ano passado, o tricolor gaúcho e o Peixe fizeram parte dessa série invicta, além do Criciúma, outra equipe que a Raposa dominou no Gigante da Pampulha nas duas temporadas. De acordo com o site Chance de Gol, o Cruzeiro possui hoje 97,4% de chances de ser campeão brasileiro.

Mas, diferentemente do que aconteceu em 2013, quando venceu o Grêmio por 3 a 0, dentro de casa, a Raposa vai até Porto Alegre para encarar uma verdadeira batalha. Os jogadores estão cientes de que, para aumentar a probabilidade de conquista, um triunfo frente ao tricolor é fundamental. Dessa maneira, contra o Goiás, no fim de semana, a festa seria completa no Mineirão. “Temos que controlar a ansiedade para não dar brechas. O jogo contra o Grêmio será encarado como uma decisão, em que vamos entrar focados para buscar esta vitória”, destaca o volante do Cruzeiro Lucas Silva.

Os comandados de Felipão estão embalados no torneio e lutam por uma vaga na Libertadores de 2015. Já são três vitórias seguidas, com resultados expressivos sobre o rival Internacional e sobre o Criciúma, em Santa Catarina. No primeiro turno, a Raposa provou um pouco da resistência gaúcha, já sob a direção de Scolari, quando obteve uma vitória suada no Mineirão, por 1 a 0. “São jogos decisivos, equilibrados. Temos a preocupação para o próximo jogo, pensar em fazer a nossa parte, guardar energia, pois o objetivo está mais próximo”, avalia o técnico Marcelo Oliveira.

E para não deixar escapar essa chance de gritar “campeão” já no domingo, o comandante cruzeirense cobra concentração e foco. Até mesmo a final da Copa do Brasil é colocada em segundo plano.

“Não quero, neste momento, pensar na Copa do Brasil, para não perder a concentração em uma competição que a gente está jogando há mais de sete meses e muito bem. Estivemos na maioria do tempo na liderança, então está muito perto. Quanto mais se aproxima, mais precisamos de concentração”, finaliza Oliveira.

Foco

“Esperamos ser campeões o mais rápido possível. Teremos um jogo difícil na quinta-feira. O Grêmio está com um time muito forte, mas temos que nos concentrar para fazer um bom jogo.”

Everton Ribeiro - meia do Cruzeiro

Expectativa

“São jogos decisivos, equilibrados. Temos a preocupação para o próximo jogo, pensar em fazer a nossa parte, guardar energia, pois o objetivo está mais próximo.”

Marcelo Oliveira - técnico do Cruzeiro

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave