Negociações ocorrem em sigilo

iG Minas Gerais |

Segundo Corrêa, Pimentel recomendou que os aliados não especulem
Uarlen Valerio / O Tempo.
Segundo Corrêa, Pimentel recomendou que os aliados não especulem

As negociações só serão realmente fechadas depois que o governador eleito, Fernando Pimentel, autorizar as conversas. Nos últimos dias, o petista tirou um tempo de férias e viajou ao exterior.

Para o deputado federal Mauro Lopes, o vice-governador eleito Antônio Andrade só pretende avançar no debate sobre o secretariado com a presença de Pimentel.

“Está prevista uma matéria com a bancada do PMDB. Não temos dúvidas de que vamos participar do governo, fomos fiéis. E não tem como não ocorrer uma mudança muito radical no governo”, afirma.

Segundo o presidente do PT de Belo Horizonte e provável secretário de Estado, Miguel Corrêa, Pimentel recomendou aliados que não especulem sobre as indicações. (IL)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave