Desmatamento na Amazônia tem alta de 467%

Dados não oficiais do Imazon referem-se a outubro deste ano comparado a mesmo mês de 2013

iG Minas Gerais |

Rondônia lidera as áreas desmatadas neste ano, segundo o Imazon
Andre Penner/ap/2009
Rondônia lidera as áreas desmatadas neste ano, segundo o Imazon

São Paulo. Um levantamento não oficial sobre o desmatamento da floresta Amazônica divulgado ontem pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), de Belém, apontou que houve uma alta de 467% na devastação da floresta na comparação de outubro de 2013 e o mesmo mês de 2014. O SAD, como se chama esse monitoramento independente, detectou 244 km² de desmatamento na Amazônia Legal em outubro de 2014. Em 2013,o desmatamento somou 43 km².

O estudo foi feito com base em 72% da área florestal (nas imagens de satélite, nuvens cobriam o restante da floresta). Em outubro de 2013, o monitoramento cobriu uma área menor (69%) do território. Neste ano, o desmatamento se concentrou em Rondônia (27%), Mato Grosso (23%), seguido pelo Pará (22%) e Amazonas (13%), com menor ocorrência em Roraima (9%), Acre (5%) e Amapá (1%).

O levantamento do Imazon é paralelo ao realizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que utiliza o sistema Deter. O dado mais recente do Deter, de setembro, com números sobre junho e julho, indicava aumento de 195% no desmate na comparação entre os dois meses de 2013 e 2014.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave