Dnit vai capacitar agentes de saúde em cidades próximas à BR-381

No total, agentes de 23 municípios serão alvos de curso que quer tornar os profissionais de saúde dessas regiões aptos a atender acidentes e tratar possíveis doenças

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os 23 municípios do Estado atravessados pela BR-381 serão alvos de curso do Departamento Nacional de Infraestrutura dos Transportes (Dnit), que quer tornar os profissionais de saúde dessas regiões aptos a atender acidentes e tratar possíveis doenças decorrentes das operações na rodovia. A ação, que iniciou ontem, faz parte do licenciamento ambiental das obras de duplicação da BR-381, e irá prosseguir até o dia 21 deste mês.

A iniciativa do curso “Vigilância Epidemiológica, Sanitária e Ambiental”, segundo a assessoria de comunicação do Dnit, partiu de estudos ambientais que precederam as obras. Nestes, foi diagnosticado que o atendimento adequado nos municípios interceptados pela rodovia poderia ajudar a salvar vidas dos trabalhadores que irão operar no local.

Os treinamentos ocorrerão nas cidades de Governador Valadares e  Ipatinga, no Vale do Rio Doce, Belo Horizonte, e Itabira, na região Central. Ontem, as aulas tiveram em Governador Valadares. O primeiro município a receber o curso enviou representantes da Secretaria de Estado de Saúde e do hospital municipal. “Como vai aumentar a demanda de atendimento, precisamos de alinhar uma estrutura para que possamos dar mais agilidade aos atendimentos, sem que haja intercorrências”, afirmou a coordenadora do departamento de Vigilância em Saúde de Governador Valadares, Vânia Tavares.

Segundo ela, haverá uma integração entre diversos setores da Secretaria como o de saúde do trabalhar, zoonoses, epidemiologia e de vigilância ambiental, com o intuito de tentar prevenir e diminuir os acidentes ao trabalhadores das intervenções. De acordo com o Dnit, a construção de obras de infraestrutura de transportes pode gerar diversos impactos à saúde do trabalhador, incluindo acidentes com animais peçonhentos, explosivos, máquinas e veículos das obras, cortes e esmagamentos de membros, manejo e manuseio de materiais e acidente com veículos que trafegam no local.

Obras

As intervenções na BR-381 começaram em maio deste ano, em parte dos lotes como o lote 1 (Governador Valadares/Belo Oriente), 2 (Belo Oriente/Jaguaraçu), 3 (Jaguaraçu/Nova Era) e 7 (Caeté/Itabira). Os lotes 4 (Nova Era), 5 (João Monlevade) e 6 (João Monlevade/Itabira) ainda não tiveram as obras iniciadas. Outros dois lotes ainda aguardam a abertura do processo de licitação. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave