Árbitro relata em súmula que foi ofendido pelo atacante Obina

Jogador do América teria dito ‘foi falta seu filho da p...’!” e, por isso, juiz paulista o expulsou na partida contra o Avaí

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

ESPORTES BH MG: LANCES DA PARTIDA ENTRE ATLETICO MINEIRO X AMERICA VALIDA PELA RODADA DO CAMPEONATO MINEIRO 2014.

FOTOS: DENILTON DIAS / O TEMPO / 23.02.2014
DENILTON DIAS / O TEMPO
ESPORTES BH MG: LANCES DA PARTIDA ENTRE ATLETICO MINEIRO X AMERICA VALIDA PELA RODADA DO CAMPEONATO MINEIRO 2014. FOTOS: DENILTON DIAS / O TEMPO / 23.02.2014

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou em seu site nesta segunda-feira a súmula do jogo entre América e Avaí, que foi realizada na semana passada e terminou com a vitória do Coelho por 3 a 0. Nela, o árbitro paulista Flávio Rodrigues de Souza relatou que o atacante Obina foi expulso depois xingá-lo. “Expulsei o atacante do América depois que ele se dirigiu a mim proferindo a seguinte frase em voz alta: ‘foi falta seu filho da p...’!”.

Se a Procuradoria-Geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) oferecer denúncia, o jogador do Coelho poderá ser enquadrado no artigo 258 II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que diz respeito a “desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões”. A pena neste caso é de dois a seis jogos de suspensão.

Obina, que marcou o segundo jogo da partida em uma cobrança de penalidade, levou o cartão vermelho aos 32 minutos da etapa complementar, quando o América já vencia a equipe catarinense por 3 a 0. Essa não foi a primeira vez que o atacante acabou expulso pela competição. Ele também levou o cartão vermelho no empate em 1 a 1 com o Joinville, em partida realizada no dia 25 de setembro e que foi válida pela 25ª rodada da Série B.