Petrobras reduz meta de aumento de produção de 2014

Diretor de Exploração e Produção da estatal, José Miranda Formigli, apresentou nesta segunda-feira (17) explicações sobre o resultado do terceiro trimestre

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Petrobras reduziu a previsão de aumento de produção para o ano para 5,5% a 6%, informou na manhã desta segunda-feira (17) o diretor de Exploração e Produção da estatal, José Miranda Formigli. Anteriormente, o crescimento da produção estava estimado para 7,5% ao ano, com uma margem de um ponto percentual para cima ou para baixo.

Segundo o diretor, houve uma entrada mais lenta da produção de poços novos, por conta de dificuldades da chamada interligação, que é o equipamento que leva o óleo retirado do reservatório à plataforma de produção.

Houve atrasos ainda na entrega de plataformas e a necessidade de obras à bordo nessas unidade. Também foi citada a necessidade de maior injeção de água para recuperar óleo do fundo dos reservatórios com poços antigos.

As explicações foram dadas por Formigli tanto na teleconferência com analistas para detalhar os resultados operacionais do terceiro trimestre quanto na coletiva de imprensa que se seguiu.

Produção

Nos nove primeiros meses deste ano, a Petrobras produziu em média 1.995 barris médios por dia de petróleo e gás natural. A média do terceiro trimestre foi de 2.090 barris médios por dia, volume que representa aumento de 6% em relação ao segundo trimestre e de 8,6% frente ao terceiro trimestre no de 2013.

Segundo a empresa, o crescimento da produção, ainda que abaixo da meta, teve impacto de um melhor desempenho dos reservatórios do pré-sal, replanejamento das paradas e melhorias da eficiência operacional.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave