Homem é preso em Unaí por aliciar menores nas redes sociais

Suspeito de 29 anos escolhia as vítimas em clubes e outros lugares e as abordava pela internet

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Um homem de 29 anos foi preso pela Polícia Civil (PC) de Unaí, na região Noroeste do Estado, suspeito de pedofilia utilizando as redes sociais. Conforme a instituição, o suspeito já era observado de perto há cerca de dois meses e foi preso após a Justiça emitir um mandado de prisão preventiva com base nas provas colhidas.

O delegado Marcos Tadeu chefiou a operação Kids Nightmare, realizada neste domingo (17), e conta que a investigação teve início após denúncias de algumas mães de vítimas.  "Acho muito importante alertar para a importância dos pais acompanharem o que acontece nas redes sociais dos filhos. Sem a denúncia destas mães nós jamais conseguiríamos prender esse criminoso", afirmou o policial. 

Investigadores passaram a seguir o homem aonde ia. "Ele frequentava um clube da cidade e, durante a campana, nossos policiais perceberam que ele sempre se sentava em um local estratégico, misturado no meio das pessoas, onde tinha uma visão ampla do playground, das piscinas e dos banheiros", detalhou Tadeu. O suspeito também fazia um curso técnico, onde sempre pagava pizzas para os colegas de classe. "Era um líder nato, mantinha o pessoal sob sua vigilância e escolhia as vítimas. Ia esporadicamente nas aulas e tinha notas muito altas, demonstrou ser uma pessoa muito inteligente", detalhou.

Ainda de acordo com o delegado, o homem tem o perfil do pedófilo, por ser frio, calculista, meticuloso e não sentir qualquer empatia pelo próximo. Neste domingo, com os mandados de prisão preventiva e busca e apreensão expedidos, a equipe foi até a casa do suspeito, onde o prendeu. "Foram encontrados vários carrinhos de miniatura, DVD's pornográficos e destinados ao público infantil. Alguns CD's e o computador dele também foram apreendidos e passarão pela perícia. Esperamos encontrar mais indícios com isso", disse o delegado Tadeu. 

Além destes materiais, um revólver calibre 38 também foi apreendido na casa do homem, que acabou sendo preso em flagrante também por porte ilegal de arma de fogo. Ainda segundo o delegado o homem negou tudo. 

Leia tudo sobre: UNAÍPEDÓFILOPRESOREDES SOCIAISMENSAGENSMÃESPEDOFILIATARADOCLUBENOROESTE