A quatro rodadas do fim do Brasileirão, Chapecoense demite Jorginho

Equipe catarinense prometeu anunciar, ainda nesta segunda-feira, quem vai assumir o comando do time na reta final

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Técnico Jorginho (dir.) não resistiu à série negativa com a Chapecoense
CHAPECOENSE/ DIVULGAÇÃO
Técnico Jorginho (dir.) não resistiu à série negativa com a Chapecoense

Após seis rodadas sem conquistar uma vitória e amargando o 17º lugar na tabela do Brasileirão, com 36 pontos, na zona de rebaixamento, a Chapecoense resolveu tomar uma atitude drástica. A apenas quatro jogos para o fim do Nacional, o time catarinense anunciou, nesta segunda-feira, a demissão do técnico Jorginho.

A decisão foi comunicada pelo clube por meio de nota no seu site oficial, um dia após a equipe sofrer a terceira derrota consecutiva na competição - 1 a 0 para o Vitória. A última vez que a Chapecoense conseguiu faturar os três pontos na Série A foi há mais de um mês, no dia 12 de outubro, após bater o Bahia por 1 a 0, fora de casa.

Ainda não está definido quem comandará a equipe catarinense em seu próximo compromisso do Nacional, contra o Fluminense, na quinta-feira, às 19h30. O clube, no entanto, garantiu que dará esse nome ainda nesta segunda-feira. Confira a nota divulgada pela Chapecoense:

"Após o revés deste domingo, diante do Vitória, a diretoria da Associação Chapecoense de Futebol comunica, oficialmente, que o técnico Jorginho e o auxiliar Anderson Lima não estão mais à frente da comissão técnica do clube. Ainda nesta segunda-feira (17), a direção deve anunciar quem ficará à frente do comando técnico da Chapecoense até o fim do Campeonato Brasileiro de Futebol".

Leia tudo sobre: chapecoensedemitetecnicojorginhobrasileiroserie a