Estatal fará desagravo sobre a crise

A apresentação destacará a alta de 9% da produção no trimestre, na comparação com 2013 – a única estratégia possível para a estatal resgatar a credibilidade junto ao mercado e à opinião pública

iG Minas Gerais |

Rio de Janeiro. A Petrobras aproveitará a conferência de apresentação de resultados trimestrais hoje para fazer uma espécie de desagravo sobre a crise institucional que abateu a companhia nas últimas semanas. Na pauta, está uma nova tentativa de explicar as razões que levaram a auditoria externa a não validar seus indicadores financeiros, além das conclusões de sindicâncias internas sobre as evidências de corrupção em seus contratos.  

A apresentação destacará a alta de 9% da produção no trimestre, na comparação com 2013 – a única estratégia possível para a estatal resgatar a credibilidade junto ao mercado e à opinião pública. Caberá à diretoria executiva dar as explicações. A presença da presidente Graça Foster não estava confirmada até à noite de ontem. Ela tem evitado discursos e entrevistas desde junho.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave