Mecânico é morto com sete tiros em rua

Segundo a polícia, suspeito chegou, atirou contra o homem e fugiu a pé; familiares dizem que vítima não tinha inimigos

iG Minas Gerais | José Augusto Alves |

Marcas de sangue e sacos plásticos ficaram na rua Anênoma, no bairro Jardim Alterosas
FOTO: NELSON BATISTA / O TEMPO
Marcas de sangue e sacos plásticos ficaram na rua Anênoma, no bairro Jardim Alterosas

A polícia ainda não tem pistas do autor do assassinato de um mecânico no bairro Jardim Alterosas 2ª Seção, em Betim, na região metropolitana da Belo Horizonte. O crime aconteceu na rua Anêmona no fim da tarde de anteontem.

De acordo com o boletim de ocorrência, Eduardo Lopes dos Santos, de 31 anos, foi morto a tiros. “Após denúncias de moradores, os policiais foram ao local e encontraram o homem caído já sem vida”, informou a Polícia Militar.

Ainda conforme a PM, Santos foi atingido por sete disparos, sendo dois nas costas, e um na cabeça, queixo, ombro, mão direita e tórax. A perícia foi ao local e realizou os trabalhos.

A pé

De acordo com um policial, testemunhas do crime não souberam caracterizar o suspeito. “Relatos dão conta que a vítima estava com alguns amigos, e o autor do crime chegou, atirou e fugiu a pé. No entanto, ninguém que estava no local soube descrever qualquer característica da pessoa que efetuou os disparos. Apenas disseram que escutaram os tiros”, disse.

A polícia não informou se Santos teria alguma passagem. “Um familiar dele esteve no local e o reconheceu. Ele ainda informou que a vítima era trabalhadora e que não tinha desafetos na região”, completou um militar.

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Betim. O caso será encaminhado para a Delegacia de Homicídios de Betim, que vai investigar o assassinato. O motivo e a autoria do crime ainda são desconhecidas pela polícia.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave