Médico de Serra Leoa infectado com ebola chega aos Estados Unidos

O estado do médico é grave, segundo a equipe que estava cuidando dele no país africano; ele chegou aos EUA na tarde de sábado

iG Minas Gerais | Da redação |

Um médico de Serra Leoa infectado com o vírus ebola em seu país chegou na tarde de sábado (15) aos Estados Unidos para receber tratamento. A informação só foi confirmada à noite pela CNN.

Martin Salia, cirurgião no hospital Connaught de Freetown, capital de Serra Leoa, é o primeiro cidadão do país com ebola a ser transportado aos EUA, onde já foram atendidos nove infectados -oito foram curados. O médico será tratado no Nebraska Medical Center, em Omaha.

Salia é residente permanente nos EUA e é casado com uma americana. Ele embarcou em um voo especial durante a madrugada de ontem no aeroporto internacional de Freetown. Martin Salia é o sexto médico de Serra Leoa a contrair a doença. Os outros cinco morreram, segundo fontes oficiais.

O estado do médico é grave, segundo a equipe que estava cuidando dele no país africano. "Minha irmã está muito preocupada e triste", disse o cunhado de Salia, Ibrahim Kargbo, à CNN. "Estamos todos rezando para que ele se recupere logo."

Recentemente, o cirurgião dividia o seu tempo entre New Carrollton, em Maryland, e Serra Leoa, onde trabalhava em um hospital metodista.

Serra Leoa é um dos países mais afetados pelo ebola, doença que provocou 5.177 mortes, de acordo com o balanço mais recente da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave