Senac oferece 3 mil empregos para pessoas com deficiência

Vagas de emprego incluem as atividades de auxiliar administrativo, operador de caixa, costureira, porteiro, copeiro, auxiliar de cozinha, auxiliar de limpeza, alimentação, hotelaria, transporte e administração, entre outras

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O Rio vai oferecer 3 mil vagas de emprego para pessoas com deficiência e reabilitados. O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e Serviço Nacional de Apredizagem Comercial (Senac) lançam, nesta segunda-feira (17) o projeto Rio + Inclusivo - uma espécie de feira de oportunidades - com a participação de 42 grandes empresas contratantes.

Pessoas com deficiência e reabilitados poderão comparecer ao Centro Politécnico do Senac, na Rua 24 de Maio 543, bairro do Riachuelo, das 9h às 17h. As vagas de emprego incluem as atividades de auxiliar administrativo, operador de caixa, costureira, porteiro, copeiro, auxiliar de cozinha, auxiliar de limpeza, alimentação, hotelaria, transporte e administração, entre outras.

O Senac também vai oferecer 200 vagas gratuitas, de capacitação profissional, nos cursos de estoque e armazenagem (80 horas) e rotinas de escritório (100 horas). A iniciativa tem também o apoio da Federação do Comércio, Secretaria Estadual de Trabalho e Renda, Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego, do Tribunal Regional do Trabalho e Ministério Público do Trabalho.

É necessário levar identidade, CPF, PIS, carteira de trabalho e laudo atualizado do Código Internacional de Doenças (CID). Durante o dia também serão oferecidos serviços como a emissão de carteiras de trabalho, palestras sobre benefícios previdenciários, orientações para participação em entrevistas e dinâmicas de grupo, com tradução simultânea na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

A Lei 8.213/91 determina a contratação de 2% a 5% de trabalhadores com algum tipo de deficiência nas empresas com mais de 100 funcionários.

Segundo o MTE, apenas 30% das instituições do Rio de Janeiro cumprem, efetivamente, a lei. De acordo com o Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população do Brasil é composta por 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, o que corresponde a quase 24% do total da população brasileira. Segundo dados da Relação Anual de Informações Sociais de 2012, só 330 mil estavam no mercado formal de trabalho, equivalentes a 0,70% do total de vínculos empregatícios.

AGÊNCIA BRASIL

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave