Marcelo Oliveira não se diz preocupado com ataque

Treinador voltou a dizer que não tido tempo de treinar finalizações, mas passa tranquilidade ao time e mostra confiança na retomada do bom rendimento

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Marcelo Oliveira viu o Cruzeiro perder a segunda partida seguida no returno e somar seis derrotas até aqui no Brasileirão
Marcelo Regua/ Light Press
Marcelo Oliveira viu o Cruzeiro perder a segunda partida seguida no returno e somar seis derrotas até aqui no Brasileirão

O Cruzeiro caiu de rendimento nos últimos jogos realizados pela equipe na temporada. Além do cansaço, o técnico Marcelo Oliveira afirmou, após o jogo contra o Atlético, pela final da Copa do Brasil que, infelizmente, ele não está tendo tempo para treinar o seu time e o poder ofensivo celeste não funcionou contra o Galo.

Quando o time passava por um grande momento e desperdiçava muitas chances, o treinador declarava que estaria preocupado caso a equipe não produzisse, a cada jogo, tantas situações de gols. Porém, mesmo após a queda do time e a baixa produção ofensiva, o comandante cruzeirense evitou falar sobre preocupação e acredita que, naturalmente, o setor ofensivo cruzeirense voltará a regular.

“Nada me preocupa porque se eu estiver preocupado, vou passar isso para os jogadores. Temos que cuidar disto com treinamento. Temos treinado pouco as finalizações porque os jogadores estão sempre se recuperando após os jogos. Hoje fizemos, mas não com todos. Vamos passar tranquilidade para que eles consigam voltar a fazer os gols. Eles já fizeram muitos. Vamos criar jogadas pelos lados pra conseguir as vitórias que tanto necessitamos”, disse Marcelo Oliveira.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposaataquemarcelo oliveirafuteboltecnico