A três vitórias do quarto título

Ainda que o Peixe não tenha grandes pretensões, elenco azul avalia que jogo será complicado

iG Minas Gerais | Bruno Trindade |

Força máxima. Atacante Júlio Baptista poderá ampliar a força do ataque do Cruzeiro na partida diante do Santos neste domingo
FERNANDA CAVARLHO / O TEMPO
Força máxima. Atacante Júlio Baptista poderá ampliar a força do ataque do Cruzeiro na partida diante do Santos neste domingo

O Cruzeiro está muito próximo de confirmar a conquista do tetracampeonato Brasileiro. Líder absoluto desde a sexta rodada e, atualmente, com quatro pontos de vantagem para o segundo colocado São Paulo, que tem um jogo a mais, o time celeste só depende dele para ficar com o caneco. Três vitórias apenas colocam, novamente, a Raposa no topo do futebol brasileiro, garantindo a hegemonia celeste no cenário nacional por dois anos consecutivos. O primeiro dos três passos para a glória pode ser dado hoje, contra o Santos, na Vila Belmiro, pela 34ª rodada.

Um triunfo não só aproxima o clube celeste do título, como também representa a qualidade de todo um trabalho que vem sendo desenvolvido pelo clube desde 2013, com a reformulação do elenco e da comissão técnica para montar uma estrutura vencedora e encher de orgulho a Nação Azul espalhada pelo mundo.

A situação é tão favorável que a conquista pode vir ainda nesta semana. Caso o vice-líder São Paulo empate ou perca para o Palmeiras, aliado aos triunfos do time mineiro contra Santos e Grêmio, Cruzeiro já se torna detentor da taça.

Apesar de querer confirmar o título o quanto antes, o lateral-direito Ceará disse que não adianta ficar fazendo contas se a equipe não derrotar o Santos. “O nosso pensamento é jogo a jogo, abordamos uma partida de cada vez. Não adianta pensar no Grêmio se antes temos o Santos pela frente. Certamente, não será fácil conquistar os três pontos contra na Vila, ainda que o Santos não tenha mais objetivos na competição. Nós temos que encarar esta partida como mais uma final, para depois fazer o cálculo dos pontos no jogo contra o Grêmio”, afirmou.

O técnico Marcelo Oliveira, assim como Ceará, acreditam em um Peixe buscando a vitória a todo momento, mesmo que não tenha mais pretensões na Série A. “Eles não estão lutando tanto por algo importante. Porém, é o Santos, clube de grande camisa, que vai querer vencer para mostrar respeito à torcida. É um time envolvente, e eles devem até jogar mais soltos (por não terem objetivos no Brasileiro). Temos que estar atentos à marcação, porque os jogadores do Santos são rápidos e técnicos. A vitória para o Cruzeiro será fundamental”, disse Oliveira.

Desfalques

Suspensos. No jogo de hoje contra o Santos, o técnico Marcelo Oliveira não poderá contar com o lateral-direito Mayke e com o zagueiro Léo. Ambos tomaram o terceiro cartão amarelo na última rodada.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave