“Globo de Ouro” repaginado

Nova versão do programa musical pretende prestar homenagem aos sucessos neste fim de semana no canal Viva

iG Minas Gerais |

Anitta é uma das artistas da nova geração que participam do novo “Globo de Ouro”
@Marcelo Tabach
Anitta é uma das artistas da nova geração que participam do novo “Globo de Ouro”

SÃO PAULO. Originalmente um canal dedicado a reprises de programas da Globo, o Viva investiu em 2013 em novos episódios do humorístico “Sai de Baixo”. O resultado agradou e, para este ano, o projeto especial da emissora foi repaginar o musical “Globo de Ouro”, exibido entre 1972 e 1990. 

Enquanto a versão original era uma parada de sucessos, com apresentação das músicas mais tocadas da semana, a atual, que estreia amanhã, às 23h, é, segundo a diretora do canal, Leticia Muhana, uma homenagem aos sucessos de ontem e hoje. Serão exibidos, ao todo, 80 números musicais cantados por nomes que participaram das edições originais – como Byafra, Guilherme Arantes, Kátia e Roupa Nova – com artistas mais novos, como Gaby Amarantos, Valesca Popozuda, Thiaguinho e Anitta.

A ideia partiu de Muhana, que percebeu o sucesso que as reprises do musical obtinham no canal. “O Viva é um dos dez canais mais assistidos pelo público, com mais de 25 anos aos sábados, às 23h, quando o programa é exibido”, diz.

A curadoria da atração ficou nas mãos da Samba Filmes, convidada para tocar o projeto. A ideia, segundo Gabriela Figueiredo, sócia da produtora, era promover uma mistura de gerações e estilos. Gilberto Gil, por exemplo, apresenta-se com sua prole – Preta, Nara e Bem – e Moraes Moreira dividirá o palco com o filho Davi. Adriana Calcanhotto e Buchecha cantam “Fico Assim Sem Você”, composta pelo cantor após perder o parceiro Claudinho em um acidente e gravada pela cantora. Byafra, um dos convidados das duas edições, levará ao palco do programa as faixas “Leão Ferido” e “Sonho de Ícaro”.

“É muito difícil para um artista começar a carreira agora, numa época em que as gravadoras são liquidadas pela pirataria”, diz o cantor. “É inteligente da parte do Viva juntar a experiência dos cantores mais velhos, com seu repertório consagrado, com quem está surgindo agora”, completa.

Capitaneado por diferentes artistas ao longo dos anos, como Tony Ramos, Adriana Esteves, Cláudia Abreu e Odair José, o programa tem agora no comando os atores Juliana Paes e Márcio Garcia. “O ‘Globo de Ouro’ me traz recordações que mexem com meu lado emotivo. Lembro que meus pais me mandavam ir dormir cedo, mas eu queria ver os artistas e as músicas do momento. Eu ficava escondida, assistindo pela frestinha da porta”, recorda Juliana. “O programa fez parte da vida de qualquer pessoa que viva no Brasil há mais de 20 anos. Ainda mais em uma época em que a TV tinha muita força. É bom participar da reedição de um programa que faz parte da nossa história”, complementa Garcia.

Muhana, que diz ter assistido ao musical original também – “Claro, era a atração mais esperada!” –, não descarta a possibilidade de fazer mais episódios no futuro. “Mas precisamos ver como esse novo programa vai funcionar”, desconversa.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave