Mineiro faz final inédita no torneio de duplas da ATP

Neste sábado, Marcelo Melo e seu parceiro croata derrotaram de virada o polonês Lukasz Kubot e o sueco Robert Lindstedt por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/4 e 10/6, em 1h33min, em Londres

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Melo e Dodig garantiram vaga na final ao derrotarem o polonês Kubot e o sueco Lindstedt por 2 sets a 1
Ivan Dodig Oficial/reprodução
Melo e Dodig garantiram vaga na final ao derrotarem o polonês Kubot e o sueco Lindstedt por 2 sets a 1

Em sua segunda participação no ATP Finals, a dupla composta pelo tenista mineiro Marcelo Melo e pelo croata Ivan Dodig chegou à finalíssima do torneio. Neste sábado, Melo e Dodig derrotaram de virada o polonês Lukasz Kubot e o sueco Robert Lindstedt por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/4 e 10/6, em 1h33min, em Londres.

Em 2013, em sua estreia, a dupla conseguiu a façanha de chegar à semifinal, quando foi derrotada por David Marrero e Fernando Verdasco. Já este ano, Melo e Dodig  se classificaram para as semifinais com a segunda colocação do grupo B e, pela primeira vez desde Gustavo Kurten, o Brasil terá um representante na decisão do ATP Finals.

Após a inédita vitória, em entrevista ao Sportv, o tenista mineiro  mostrou-se feliz com o resultado e disse que a dupla está confiante no título. “Vai dar, claro. Agora é relaxar até amanhã, dar uma descansada e montar uma estratégia porque chegou a hora de ganhar este torneio”, afirmou.

Melo e seu parceiro brigarão pelo título neste domingo, às 13h30 (horário de Brasília). O adversário sairá do confronto entre os irmãos Bob e Mike Bryan, dos Estados Unidos, e os franceses Julien Benneteau e Roger Vasselin, que se enfrentam nesta tarde.

Histórico

Em 2013, o Brasil teve Bruno Soares jogando ao lado de Alexander Peya na semifinal, mas a parceria caiu para os irmãos Mike e Bob Bryan. Além dele, em 1983, Carlos Kirmayr e Cássio Mota formaram uma dupla nacional.

Já em 2000, Jaime Oncins atuou ao lado do argentino Daniel Orsanic. Na chave de simples, o único título do Brasil é do tenista catarinense Gustavo Kuerten, que venceu a competição então chamada de Masters Cup. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave