Donizete manda recado para Oliveira: 'essa é minha, meu irmão'

Volante do Galo e técnico celeste, juntos, foram vice da Copa do Brasil duas vezes pelo Coritiba; agora, alvinegro quer levar a melhor

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Leandro Donizete está confiante em boa apresentação do time
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Leandro Donizete está confiante em boa apresentação do time "B" do Atlético

O volante do Atlético Leandro Donizete e o técnico do Cruzeiro Marcelo Oliveira bateram na trave na busca pelo título da Copa do Brasil. Ambos estavam no Coritiba, vice-campeão de 2011. O treinador continuou no Coxa no ano seguinte, figurando novamente o segundo lugar. Mas, no próximo dia 26, um dos dois festejará a tão sonhada conquista do torneio, enquanto o outro continuará na fila. O Galo, de Donizete, tem a vantagem, por ter vencido por 2 a 0, no Independência, o duelo de ida. E o volante promete fazer de tudo para ajudar o time alvinegro a concretizar o título inédito. "Não pode escapar mais não. Na véspera do jogo da final (de 2011), não joguei. Acabamos perdendo. Até falei com o Marcelo, que não quero perder essa não. Ele também não, porque já perdeu duas. Mas essa é minha, meu irmão”, disse Leandro, em meio a risos. Antes da final, porém, o foco é total nos três próximos duelos do Brasileirão. “Temos que manter pegada no Brasileiro. Esperamos ganhar no domingo, se Deus quiser”, disse ele, que não quer ser poupado para o embate diante do Figueirense, no Independência. “Estou bem. Quero ritmo de jogo. Fiz apenas duas partidas depois que voltei da lesão. Preciso de sequência”, ressaltou.

Leia tudo sobre: donizetevolanteatleticogalomarcelo oliveiratecnicocruzeiroraposafinalvicecopa do brasilcoritiba