Cerca de 600 pessoas participam de ato intitulado fora Dilma em BH

Dois grupos que estavam concentrados na praça Sete, na região Central, e na praça da Liberdade, na região Centro-Sul, se encontraram por volta de 16h e seguem para Sacassi

iG Minas Gerais | Isabela Lacerda |

Aproximadamente 600 pessoas participam na tarde deste sábado (15) de atos políticos intitulados Fora Dilma, que acontecem na praça Sete, na região Central, e na praça da Liberdade, na região Centro-Sul, segundo levantamento da Polícia Militar (PM).

Vestidos com blusas da bandeira do Brasil, de posse de faixas com palavras de ordem e acompanhados por carros de som, manifestantes pedem o impeachment da presidente Dilma Rousseff e o fim do "comunismo" no Brasil. Este é o quarto ato organizado pelo grupo em Belo Horizonte. A mesma atitude é repetida por brasileiros em outras capitais do país.

Ao contrário das outras manifestações, realizadas neste ano, o protesto deste sábado não defendeu claramente intervenção militar. Apenas um manifestante apareceu com um cartaz em que pedia apoio militar, mas a pedido dos organizadores do ato, o militante se desfez dele.      As pessoas que defendem essas medidas começaram a se concentrar nos dois pontos da capital por volta de 14h. Na praça da Liberdade, por volta de 15h, os militantes circularam a praça e, em seguida, ficaram parados enfrente ao palácio.

Ainda segundo a PM, por volta de 16, os dois grupos se encontraram na praça da Liberdade e seguem em direção a praça da Savassi, também na região Centro-Sul.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave