Brasileiro se destaca e é um dos finalistas

Depois de quatro batalhas Pedro Oliveira levou a melhor em sua chave

iG Minas Gerais | Daniel Ottoni* |

O brasileiro Pedro Oliveira, paulista radicado em Recife, é um dos 16 finalistas do Red Bull Street Style, que termina neste domingo no Pelourinho, em Salvador.

Depois de quatro batalhas, ele garantiu presença entre os 16 ao enfrentar adversários que não lhe exigiram muito. A RedeTV transmite a decisão, ao vivo, a partir das 14h30.

A facilidade que Pedro encontrou na sua chave não apareceu para o italiano Gunther Celli, que teve missão mais complicada. “Considero este o grupo da morte. O nível é altíssimo”, alertava o alemão Marcel Gurk, que não conseguiu se classificar.

Celli e Gurk enfrentaram o atual vice-campeão do mundo, o argentino Charlie Iacono, na primeira fase. O portenho e o italiano passaram de fase e o último será o desafiante de Pedro nas oitavas de final.

“Fui bem, apesar da derrota. O nível é alto e ter esses caras como adversário nos força a fazer ainda mais. Tentei impor meu estilo e cometer poucos erros. Desta vez não deu”, lamenta Gurk.

Celli, terceiro colocado na edição de 2012 e quinta na de 2014, espera sair da Bahia com seu melhor resultado. “Ainda lembro com emoção deste bronze na edição que aconteceu na Itália. O Teatro de Roma foi um palco e tanto. Jogar com a torcida a favor ajuda. Sou latino e consigo sentir um pouco desta energia brasileira”, recorda.

O torneio conta com 51 competidores de 44 países. Os rapazes foram divididos em oito chaves com cinco nomes, com vaga para apenas dois deles. Oito mulheres também estão na disputa.

Imprevisto

A exigência do grupo de Celli, Gurk e Iacono foi tanta que o japonês Hiroyuki "Hiro-K" Kaneko se sentiu mal após uma das batalhas e teve que ser atendido ainda no lugar do confronto. O calor também pesou para que ele tivesse que se recompor antes de voltar à ativa.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave