Criança de 2 anos é agredida pela mãe, em Rio Piracicaba

Mulher confessou que queimava filho com chapa de cabelo, além de ter tentado enforcá-lo; menor foi removido para Hospital João XXIII, onde encontra-se em observação

iG Minas Gerais | Vinícius Lacerda |

Uma criança de 2 anos foi removida do Hospital de Julia Kubistchek, em Rio Piracicaba, região metropolitana de Belo Horizonte, para o Hospital João XXIII com graves ferimentos espalhados pelo corpo. A agressão foi cometida pela própria mãe, 17, que confessou o crime para em depoimento à Polícia Militar (PM). Antes de ser trazida para capital mineira, a criança passou pelo Hospital de João Molevade. A prisão aconteceu depois que integrantes do Conselho Tutelar de Rio Piracicaba acionaram Polícia Militar (PM), que compareceu a casa da vítima no início das noite desse sábado (14). Ao chegar no local, a corporação constatou que a criança fora vítima de abusos devido as várias lesões em seu corpo, como queimaduras nas mãos e nos braços, hematomas em ambos os olhos, ferimentos na parte superior do pênis além de hematomas na cabeça. A mãe da criança foi levada para delegacia de Rio Piracicaba. No local, confessou o crime, perante os militares e conselheiras tutelares e confirmou que utiliza de uma chapa para cabelo para queimá-la e que o tentou enforcar. A criança foi levada para o Hospital Julia Kubistchek, onde recebeu os primeiros socorros. Em seguida, foi encaminhada para o Hospital de João Molevade para receber tratamento adequado para os ferimentos. Devido a gravidade, porém, foi transferida para o Hospital João XXIII, onde passou por exames e permanece internado. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave