Presos na Operação Lava Jato são transferidos para PF em Curitiba

Nesta sétima fase da operação, Dos 25 mandados de prisão, quatro pessoas ainda não foram localizadas; prisões temporárias vão até a próxima terça-feira (25)

iG Minas Gerais | Da Redação |

Editoria de arte
undefined

Os 21 presos na nova fase da Operação Lava Jato da Polícia Federal foram transferidos para a carceragem da Superintendência Regional da PF em Curitiba por volta das 4h30 deste sábado (15).

Os detidos devem passar por exame de corpo delito ainda nesta manhã e, a partir daí, poderão prestar depoimentos às autoridades. A maioria dos presos está sob regime de prisão temporária, que tem prazo de duração até a próxima terça-feira (25).

Os advogados dos suspeitos vão tentar obter a soltura dos clientes também neste sábado por meio de pedidos de habeas corpus ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região.

Sétima fase

A PF prendeu nessa sexta-feira (14) 21 executivos, entre eles três presidentes de empreiteiras e o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, ligado ao PT, na sétima fase da Operação Lava Jato. A ação investiga o maior esquema de corrupção da história da estatal, que teria desviado recursos para políticos que apoiam o governo.

Dos 25 mandados de prisão, quatro pessoas ainda não foram localizadas. As empresas envolvidas criticaram as prisões preventivas e afirmaram estar à disposição da Justiça. "Era mais fácil advogar na ditadura", disse Antonio Claudio Mariz, advogado de um dos executivos da Camargo Corrêa. 

Leia tudo sobre: operação lava jatotranferência