Livro divulga uso de plantas medicinais mineiras

Publicação será lançada neste domingo, no Jardim Botânico da UFMG; evento também terá exposição

iG Minas Gerais | Daniel polcaro |

Pesquisadora Telma Grandi é a autora do trabalho científico
ADAEQUATIO / DIVULGACAO
Pesquisadora Telma Grandi é a autora do trabalho científico

Doenças como reumatismo, problemas nos rins e até mesmo alergias podem ser tratadas com plantas nativas de Minas Gerais, desde que as espécies sejam manipuladas da maneira correta. Pois as fórmulas farmacêuticas resultantes de 400 tipos de plantas estão no livro digital que a pesquisadora aposentada e ex-diretora do Jardim Botânico da Fundação Zoo-Botânica da capital Telma Sueli Mesquita Grandi lança nesta domingo.

Professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) por 25 anos, Telma apresenta a obra “Tratado das Plantas Medicinais Mineiras, Nativas e Cultivadas”, às 10h, no Museu de História Natural e Jardim Botânico da universidade.

“Todas as plantas do livro existem em Minas. Algumas são originárias daqui, outras vieram de outros Estados e até do exterior. O mangarito, por exemplo, é africano, foi trazido pelos escravos e pode ser encontrado no Vale do Jequitinhonha. Até hoje ele é usado como base alimentar e para tratamento de alergia e problemas de pele”, explica a pesquisadora.

O uso do boldo para o fígado também é tratado no livro, que possui mais de 1.200 páginas. “Existem quatro plantas diferentes que recebem o nome de boldo. É preciso ter cuidado, porque há toxinas em algumas delas. A diferença entre o medicamento e o veneno está na dosagem”, detalha.

Telma é farmacêutica-bioquímica, possui mestrado em microbiologia e imunologia e é especialista em sistemática de fanerógamas pela Universidade de Brasília (UNB). “Desde criança tenho uma relação muito grande com as plantas. O interesse pelas ervas medicinais começou na faculdade”, conta.

O livro poderá ser baixado gratuitamente a partir da próxima terça-feira, em PDF, no site www.plantasmedicinaismineiras.com.br. A versão em alta resolução, em um DVD, custa R$ 35.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave