Documentário sobre Zé do Pedal tem exibição no Humberto Mauro

Trajetória do ambientalista mineiro que deu a volta ao mundo pedalando virou um curta-metragem

iG Minas Gerais | Lorena K. Martins |

O mineiro Zé do Pedal em seu kart a pedal, passeando pela África
Fabrício Menicucci/divulgação
O mineiro Zé do Pedal em seu kart a pedal, passeando pela África

“Às vezes, o meio de transporte mais viável para a realização dos meus sonhos é pedalar, então eu pedalo”. Assim o mineiro José Geraldo de Souza Castro, apelidado mundialmente como Zé do Pedal, resume as suas aventuras a bordo de um kart a pedal, a última delas realizada entre 2008 e 2010, em um itinerário que foi da França até a África do Sul – mais de 17 mil quilômetros pedalados ao todo.

Nesta mesma viagem, Zé ganhou a companhia de Bruno Lima e Fabricio Menicucci, cineastas que transformaram a etapa final de sua aventura no curta-metragem de 24 minutos “Zé do Pedal – As Fronteiras do Mundo”, que após ser exibido em alguns festivais, como a Mostra Ibero-americana de Cine de Taxco, no México, e premiado internacionalmente, chega à capital mineira em uma exibição única marcada para às 14h de hoje no Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, com entrada franca.

“Ficamos cerca de 20 dias ao lado do Zé, às vezes dormindo e comendo a mesma comida para acompanhar todo esse processo da aventura dele. A história do Zé motiva e tem um significado de liberdade muito grande, e mostra que existe uma forma de viver a vida com desapego à rotina e ao conforto”, relata Bruno Lima, um dos diretores do filme. Ambos são mineiros e conheceram Zé do Pedal em Viçosa, sua cidade natal.

Mas esse percurso parece fichinha no meio de tantos outros na carreira desse ambientalista, que viaja principalmente para chamar a atenção para temas relacionados a questões humanitárias – nesta última viagem à África ele fez campanha de combate ao glaucoma e à catarata em países pobres. Se colocar na ponta do lápis, são 33 anos e mais de 78 países visitados em cinco continentes.

Assim como a falta de recursos que Zé enfrentou ao longo de seus percursos, Bruno relata que teve dificuldades para obter a verba que custeasse o filme. “Fizemos com muito pouco dinheiro, cerca de R$ 20 mil e batalhamos . Fomos conquistando pessoas que se interessavam pelo projeto e nos ajudavam com patrocínio dos custos da viagem, e finalizamos a produção por meio de um crowdfunding (financiamento coletivo)”, explica. Após a sessão, os diretores Bruno Lima e Fabricio Menicucci e o próprio Zé do Pedal, participam de um bate-papo com o público.

Agenda

O QUÊ. Exibição do curta “Zé do Pedal – As Fronteiras do Mundo”

QUANDO. Hoje (sábado), às 14h

ONDE. Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1.537, centro)

QUANTO. Entrada franca

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave