Israel suspende restrições de acesso a Esplanada das Mesquitas

Estado judaico havia proibido a entrada de menores de 50 anos no local devido aos confrontos das forças israelenses e os palestinos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Após meses de restrições, o governo de Israel liberou nesta sexta (14) o acesso à Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém Oriental, a todos os muçulmanos. O Estado judaico havia proibido a entrada de menores de 50 anos no local devido aos confrontos das forças israelenses e os palestinos.

Segundo o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld, a restrição foi derrubada após reunião entre o primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, e o secretário de Estado americano, John Kerry.

Antes, Kerry havia sido recebido pelo presidente palestino, Mahmoud Abbas, e pelo rei Abdullah 2º, da Jordânia, país que formalmente administra a Esplanada.

Kerry disse que foram acertados compromissos para restabelecer a calma em Jerusalém Oriental. Depois da liberação, cerca de 40 mil muçulmanos fizeram suas orações semanais no local -os homens na mesquita de Al-Aqsa e as mulheres no Domo da Rocha. Não houve incidentes violentos nesta sexta na esplanada, que é o terceiro local sagrado para o islamismo.

Mesmo com a calma nos templos, a situação continuou tensa. Em Qalandiya, na Cisjordânia, palestinos entraram em confronto com a polícia em protestos contra o crescimento do número de colônias judaicas na região.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave