Muricy Ramalho coloca em xeque aposentadoria de Ceni

Na visão do treinador, boas atuações e a chance de disputar Libertadores podem fazer arqueiro adiar o adeus ao futebol

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Muricy chega com árdua missão de tirar o São Paulo de crise na temporada
RUBENS CHIRI/ SAOPAULOFC.NET
Muricy chega com árdua missão de tirar o São Paulo de crise na temporada

O técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, colocou em xeque a aposentadoria do goleiro Rogério Ceni, que deve pendurar as chuteiras ao final da atual temporada.

De acordo com o treinador, as boas atuações e a chance de disputar mais uma Libertadores podem fazer o capitão são-paulino adiar o adeus aos gramados em dezembro.

"A cada jogo está jogando tudo, muito animado para conquistar alguma coisa ainda. Passa por grande momento técnico, agarrando demais. Passa o tempo e agarra mais. A técnica melhorou, não sei se pela experiência. É estranho, só acontece com cara diferente, que está mais experiente, para não falar mais velho. Cada jogo para ele está sendo uma coisa importantíssima, sendo um evento. Está desfrutando disso. Se é que vai parar. Pelé ia parar e parou dez vezes", disse o treinador.

"No ano passado, era aborrecido e triste, queria parar. Sofria com a situação do São Paulo, ambiente sem comprometimento. Esse ano está ao contrário. Temos um grupo bom de jogadores e pessoas. Nunca vi ele tão feliz como agora. Está suave, porque, às vezes, é meio chato quando a coisa não está boa. Por isso está pegando tudo. A gente acha que vai ser difícil parar nesse nível, mas ele é quem tem que decidir. Alguns dizem que é melhor saber parar em um bom momento, não parar em fase ruim, criticado. O futebol dá voltas, é ingrato", acrescentou.

Muricy Ramalho também comentou sobre o meia Paulo Henrique Ganso, que está com um edema no joelho direito. Segundo o treinador, o jogador será reavaliado no sábado para saber se terá condições de enfrentar o Palmeiras no domingo.

Leia tudo sobre: muricy ramalhocolocaxequesao pauloaposentadoriarogerio ceni