Talisca diz que fase de "mascarado" já passou e revela trote

Atacante do Benfica também afirma que é um dos seus sonhos é jogar a Copa do Mundo de 2018 e ser campeão com o Brasil

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Talisca disse que no trote que sofreu dos colegas da seleção, teve que cantar uma música e contar uma piada
Rafael Ribeiro / CBF
Talisca disse que no trote que sofreu dos colegas da seleção, teve que cantar uma música e contar uma piada

Anderson Talisca, surpresa da convocação de Dunga e com fama de marrento, afirmou que sua fase em que era "mascarado" já foi superada. A fama se deve ao fato de que, assim que ganhou sua primeira bolada com o futebol, ainda no Bahia, ele comprou um carro de luxo e foi repreendido pelo clube.

"Já passou, já passou", diz o atacante.

Descontraído, Talisca relata que teve que cantar e contar uma piada ao se apresentar para os jogadores, numa espécie de trote. "Cantei uma música do Revelação [banda de pagode] e contei uma piada de baiano", disse em tom de brincadeira o ex-jogador do Bahia.

Em entrevista no hotel da seleção brasileira, em Viena, ele afirmou que se vê jogando e vencendo a Copa do Mundo de 2018, da Rússia.

O jogador de 20 anos diz estar muito feliz no Benfica, onde é a sensação do time, e afirma que não pretende voltar tão cedo a jogar no Brasil. "Não quero voltar, não", diz.

Leia tudo sobre: anderson taliscaseleçao brasileiraamistosoaustriaviena