Maicosuel lamenta lesão e luta contra o tempo para jogar no dia 26

Contusão muscular, na realidade, começou a se desenhar no embate de volta contra o Flamengo, pelas semifinais da Copa do Brasil

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Maicosuel não quer mais o papel de torcedor
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Maicosuel não quer mais o papel de torcedor

O meia-atacante Maicosuel sofreu um golpe duro minutos antes da partida de ida da final da Copa do Brasil. Durante o aquecimento, ele sentiu uma dor forte e que foi detectada como estiramento do músculo posterior da coxa esquerda.

Por conta desta lesão, não pôde atuar diante do Cruzeiro, ficando apenas na torcida pelo Galo, que venceu por 2 a 0 e deu passo importante na busca pelo título do torneio. Agora, o Mago luta contra o tempo para disputar o confronto decisivo, no dia 26, no Mineirão.

"Vamos tentar de tudo. Estava até conversando com o doutor, que se for preciso, faço três períodos de terapia. Mas sei que é uma lesão complicada, um pouco séria. Duas semanas é pouco tempo. Mas como ele disse, tenho bom preparo físico e me recupero rápido.. E vamos tentar fazer de tudo para voltar o mais rápido possível", disse.

A lesão, na realidade, começou a se desenhar no embate de volta contra o Flamengo, pelas semifinais da Copa do Brasil.

"Senti uma fisgadinha contra o Flamengo, pedi pra sair. Vinha levando nesta semana pra ver se dava para jogar. Mas no aquecimento senti de novo. Aconteceu, é complicado. É muito ruim, eu tenho um histórico de ficar de fora de finais, odeio isto. Mas aconteceu, vou tentar voltar", relatou.

Como expectador, viu o Galo vencer e comemorar bastante. "O coração não aguenta. Mas foi muito bom. O nosso time conseguiu tirar a zona de conforto do Cruzeiro, marcou muito bem o meio-campo deles,  que é o forte. O Everton (Ribeiro) até foi substituído. É isso que o time tem que fazer, marcar os pontos principais do Cruzeiro, uma equipe muito forte e que joga há muito tempo", declarou.

Leia tudo sobre: futebol nacionalatléticogalocopa do brasilmaicosuelretorno